A NECESSIDADE DA ARTE – Ernst Fischer

7158.jpgA arte pode levar o homem de um estado de fragmentação a um estado de ser íntegro, total. A arte capacita o homem para compreender a realidade e o ajuda não só a suportá-la, como a transformá-la, aumentando-lhe a determinação de torna-la mais humana e mais hospitaleira para a humanidade. A arte, ela própria, é uma realidade social. A sociedade precisa do artista, este supremo feiticeiro, e tem o direito de pedir-lhe que ele seja consciente de sua função social.

Anúncios

21 respostas para “A NECESSIDADE DA ARTE – Ernst Fischer

  • josiane

    fischer pode trazer em sua filosofia um grande acréscimo nas informações sobre a necessidade da arte!!!!!

  • Joao Pedro de Campos

    Na atul sociedade burguesa capitalista tão industrializada ,muito enfocada na busca do sucesso material e busca de grande produção economica. Solicitando do individuo apenas que produza na socidade. Arte sera o unico meio para restaurar uma vida de segnificado em sua vida empobrecida pelo alto nivel de produtividade. Arte pode ser um substito para vida?

  • Joao Pedro de Campos

    Na atual sociedade burguesa capitalista tão industrializada ,muito enfocada na busca do sucesso material e busca de grande produção economica. Solicitando do individuo apenas que produza na socidade. Arte sera o unico meio para restaurar uma vida de segnificado em sua vida empobrecida pelo alto nivel de produtividade. Arte pode ser um substito para vida?

  • Joao Pedro de Campos

    Na atual sociedade burguesa capitalista tão industrializada ,muito enfocada na busca do sucesso material e busca de grande produção economica. Solicitando do individuo apenas que produza na socidade. Arte sera o unico meio para restaurar uma vida de segnificado em sua vida empobrecida pelo alto nivel de produtividade. Arte pode ser um substituto para vida?

  • henrique

    Oi
    Sua questão é um falso problema , primeiro por que o capitalismo não solicita do individuo SÓ que este produza. Segundo o capitalismo não se caracteriza só pelo acumulo economico e a força de trabalho.
    É muito comum ouvir das pessoas que profetizam o fim do capitalismo que as práticas do capital cria suas contradições e que estas contradições cria suas crises e que estas crises chegará ao ponto de destruir o capital.
    O problema dessa tese é que, é nas contradições que levam as crises que o capitalismo se transforma . sendo assim o capitalismo da crise de 29 é totalmente diferente da crise de 2009 e nesse meio tempo as transformações das práticas de acumulo de renda se transformaram absurdamente .
    É na modernidade que o capitalismo começa a transformar em mercadoria o dominio do belo . por exemplo a ideia de amor que é tão enraizada no nosso imaginário é invensão da literatura burguesa, e a própria arte como a expressão do belo esta no domínio da transformação em mercadoria.
    No capitalismo da falência da industria cultural seu corpo, seu imaginario , seus sonhos , seus desejos , seus liquidos são convertido em mercadoria. a ideia de publico alvo é a prova disso.
    Outra coisa que me parece interessante de se colocar é, uma ideia romantica de que arte é coisa sublime, é coisa que transcende os dominios da vida. essa ideia é a mesma que vc encontra no rmantismo literario . Essa ideia de arte mascara a realidade e te impede de pensar em mudanças reais .
    O que me pergunto é: arte é a representação do real ? e a transcendência do real? Ou cria outras realidades?

    Arte só muda alguma coisa quando ela de alguma forma te confronta com a realiadade e te criando um estranhamento. E o caminho depois do estranhamento é seu . Quando digo isso to pensando no brescht no Boal e em toda uma geração que pensa a arte não como mecanismo pra alienação mas sim uma forma de vc olhar para as contradições do mundo e fazer suas escolhas de mudança.

    • claudia

      Não sei em que medida se pode chegar à diferenciação de arte e realidade, acredito que ambas estão interligadas e até se confundem na medida em que uma elabora a outra. Não sei também se seria possível desmascarar a realidade visto que seu sentido requer um foco visão que privilegia um lugar e não outro. Penso que criações artísticas tem um envolvimento peculiar com a vida do homem e esse envolvimento não tem apenas uma face.

      • Joao Pedro de Campos

        Oi Claudia! Como vai você?
        Você esta divagando sobre o assunto. A quetão é se um obra de arte tem influencia sobre a realidade para muda – la? A relação de um artista com a realidade é muito sensivel. Ela é muito intensa. E dessa relanção intensa da realidade que resulta a obra de arte. Foi o proprio Fischer que disse no seu livro “A nescessidade da Arte” ,que a função de uma obra de arte é de esclarecer a sociedade,iluminar as pessoas consumidoras de arte.Existe ,também o seu elemento educativo;mas principalmente divertir e esclarecer a sociedade. E digo arte ,referido- me a todos os tipos e formas de arte:musica,arte s plasticas,escultura,literatura ,poesia ,efim… todas as formas de arte.O filosofo frances Jean Paul Sartre escreveu no seu livro “O Que È Literatura?”, “Que a função da literatura é revelar uma realidade até então desconhecida do ser humano,para todos o s outros seres humanos da sociedade, que ate então não a conheciam. Então, eu indago,” o que é a realidade? O que é arte? Para termos um conceito de de arte a sociedade tem que participar do mundo da arte ,da cultura ,da literatura.Quantos livros o brasileiro lê ultimante. Não sei se voc~e conseguiu compreender?

    • João Pedro de Campos

      Olà
      Eu,não quero ser mais uma dessas pessoas que proclamam ou profetizam o fim ou “a destruição ” do capitalismo.Alias ,esta tese já foi superada nos paises de capitalismo desenvolvido e esta teoria é pura tervigezação sobre o assunto. E o socialismo como sistema economico alternativo para essa sociedade conteporanêa ,esta descartado ,porque o socialismo em todo mundo esta em queda e falido. O que nos resta então? A arte? A?filosofia? A literatura?

    • Rafael Brandão Melo

      Henrique, eu estou imprecionado com a maneira de como seus pensamentos sobre o assunto foram perfeitamente harmônicos ao que eu venho refletindo, sobre o mesmo. Gostaria criar um contato para podermos trocar algumas ideias, creio que seria uma experiência muito válida.

      rafabrandao7@gmail.com

      entre em contato por favor!

    • Phil

      Acabou de confirmar o que foi dito sobre a arte, No seu parágrafo final. Quanto ao capitalismo, discordo. Todas as ideologias tem um fundamento tanto valido como utópico num ponte de vista social. No fundo todas são bonitas quando aplicadas, mas na pratica sofrem inevitavelmente transformacoes. O mesmo se passa com o capitalismo que na base se podia resumir, na troca de todos os recursos, num mercado livre. A grande transformação é que esta ideia base já não é verdadeira. Agora já não se fala de recursos, mas sim de divida, e os mercados já não são livres, mas antes presos e dependentes de juros. O Capital que já nao é nada mais do que juro e divida, só pode trazer injustiça e inigualdade.

  • João Pedro de Campos

    Ola!
    ‘E que nos vivemos numa sociedade materialista e utilitaria . karl max escreveu uma vez que a relidade economica capitalista burguesa é alienante. E, como tal ,eu gostaria de perguntar ,como uma obra de arte ,que é uma realidade social concreta na sociedade contemporanêa ,pode influenciar nassa tal realidade alienante,decrita por Max?O que essa nova realidade capitalista burguesa contribuiu para o desenvolvimento das artes em todas as suas formas :musica ,artes plasticas,literatura ,escultura e at’e cinema? Ou como diria Sartre,como essa nova realidade capitalista burguesa contemporanea contribuirá para o desenvolvimento das artes no futuro?

    Voce disse, que “a ideia do amor ” foi uma invenção da literatura burguesa . E realmente ,o movimento romantico na literatura ,foi um movimento eminentemente burgues. E com o advento do capitalismo em todo mundo , a arte se tonou uma mercadoria ,tambèm;… E assim tornando – se uma meio de se ganhar dinheiro… Mas ,hoje em dia ,quem lê por prazer os romamticos alemães? Ou quem lê por prazer Goethe ,Novalis,ou Friedrich Shlegel,Kierkegaard,ou Shelley?Ou quem lê por prazer ,hoje em dia ,Jean – Jacques Rousseau, Stendhal? Hoje em dia ,quem conhece Balzac ,Thomas Mann ,Hemingway ,Flaubert?”‘E claro que citei autores de escolas literarias diferentes;mas quem hoje em dia os conhece?Ou quem lê por prazer os romqnticos brasileiros? Os operàrios brasileiros tem ascesso a literatura, a uma exposição de arte moderna? Os trabalhadores vão ao teatro hoje em dia? Para quem se escreve ,pinta hoje em dia? Se faz poesia?

  • isabel veiga

    Oi Pedro!

    Precisava de uma informação acerca do livro, tenho que apresentar um trabalho sobre este tema e sobre o autor, mas só tenho um pequeno enxerto do mesmo que precisava confirmar, “Para se ser artista é necessário colher, controlar e transformar-mos a experiência e memória, a memória em expressão, a matéria em forma.Há amor portanto em tudo, ele pretende também conhecer ofício, pudera conhecer todas as regras, transforma as convenções pelas quais a natureza tem poderes dominantes e subordina às leis da Arte”.
    é desta forma muito empírica e objectiva que a Arte nos faz encontrar nela motivos para a estudar, reflectir e agir, não ficando presos a estigmas que nos levam a ler quadros e esculturas, que nos oferecem as várias épocas e as que estão para vir. nessa me incluo eu.

    • Joao Pedro de Campos

      Ola Isabel! Tudo bem?
      Eu ,li este livro. È um livro extraordinário e brilhante. Na minha opinião ,este livro deveria ser adotado em todas as universidades que ensinam artes em todas as suas formas.
      E o autor apesar de ser de esquerda ,portanto ,um socialista ,mas não deixa de ser um autor culto ,inteligente; mas não dogmatico,porque as artes não podem ser dominada,por qualquer ideologia politica..Seja de esquerda ou direita.O que ,eu queria dizer a você è o seguinte: Quando o autor diz:” Que para ser um artista è nescessario colher ,controlar e trasnsformar a experiencia em memòria ,a memòria em expressão ,a expressão em materia e materia em forma. O que ele quiz dizer com isso? Ele quiz dizer que ,se nós observarmos a evolução histórica da arte em todas as suas formas,percecebemos que existe uma evolução. E que nessa evolução os artistas desenvolveram ,varias tecnicas de pintura ,na esultura, na escrita ,na musica ,enfim… No seu desenvolvimento humano o homem desenvolveu varias tècnicas artisticas em sua area. Ao que nos chegamos as novas técnicas artisticas modernas de hoje.Isabel oque seria de nòs ,se não tivessem inventado o cinema ,ou se o cinema não tivesse passado pelas suas evoluções ,também,como ,por exemplo ,passado do cinema mudo ,para o cinema falado e colorido de hoje. Assim você ,percebe que ,para ser um artista ,tambem é preciso estudar, aprender novas técnicas de pintura ,aprender novas técnicas narrativas para ser um escritor que renove a literatura de seu pais e de sua época. Você percebe ,o quanto é importante estudar para evoluir. Não ser leitora de um livro so´. Se não qualquer um pode ser um artista de valor. Qualquer um pode pintar um quadro ,como o macaco da novela de “Caras e Bocas” e qualquer um pde escrever um livro,mesmo um analfabeto , e só dar para um gravador,pra ele gravar a propria vos. Assim ,como disse o autor, um artista não pode so estar no estado inspiração empreagadora para criar uma obra de arte. Precisa dominar todas as técnicas modernas de se ramo de arte ,para produzir uma obra de arte nova.

  • Mestre Santo

    A cada nova invenção ou desenvolvimento de tecnologia, o indivíduo todos nós acabamos nos tornando mais egoistas e individualistas, e queremos sempre mais em todos os aspectos.Desde que inventaram os sapatos, tem carinha crescendo prá cima dos outros – “E qd inventaram a roda então!”
    O Ser Humano é um caso perdido – Dizia “Nelson Rodrigues” nos anos 50 – “Um dia os imbecis dominarão a sociedade” – Será que ele estava(ou ainda está) certo? Com todo aparato desenvolvido pelas gigantes da informática, das Corporações Científicas, o imbecil do ser dominador quer encontrar alternativas para este planeta…Vanitas vanitatum et omnia vanitas “vaidade das vaidades, tudo é vaidade!Quem são os Dom quixotes de hoje?Respondam:

  • Daniela

    Como o autor conceitua a relação arte e sociedade?

  • João Pedro de Campos

    Olá Daniele!
    O autor Ernst Fischer,conceitua a relação de arte e sociedade de forma marxista.
    Porque realmente ele é um autor marxista. O que ele diz é____” que toda arte é condicionada
    pelo seu tempo,ou época!E assim,também,todo artista que se diz artista,é também ,condiciona-
    do pelo seu tempo. Ele é condicionado pelo seu tempo,pelos temas que ele escolhe tratar em
    suas obras.As tecnicas que ele usa … O que ele quer dizer com sua obra , a mensage que ele
    quer trasnmitir… As vezes ele nem quer tratar do assunto ou tema em questão que a sociedade
    do seu tempo ,impo~e – lhe. E ,na verdade ,não existe ,apenas ,o ponto de vista marxista, na
    sua obra e na arte como um todo. E,não podemos esquecer que se um artita vive numa sociedade
    capitalista ,ele não escapa a seus condicionamentos economicos e sociais desta sociedade.
    E arte é condicionada pelos os mesmos condicionamentos economicos e sociais.
    As vezes é preciso fazer uma pesquiza autobiografica sobre a vida do escritor
    ou,do artista ,para compreendermos sua. Como eu fiz quando comecei a ler e a estudar a obra do filosofo e escritor Jean Paul Sartre.

    Sobre Sartre

    ” Não há mais literatura “, arremata Sartre numa entrevista concedida em 1971.
    Eu ,acredito ,na minha opinião de que a unica coisa inovadora na literatura
    contemporania universal foi a criãção do thriller policial americano. Porque é um arte re-
    flete o nosso tempo. Com seu alto nivel de violencia. corrupição ,. Uma literatura que se
    preocupa com justiça social e problemas sociais na sociedade. Como trafefico de drogas ,
    corrupção politica,corrupção na sociedade ,enfim tudo que existe de podre na sociedade ca-
    pitalista. tudo o que nãõ presta! Procure ler Dashiel Hammett.

  • Luana Fernandes Castanheira

    Boa noite Pedro…
    Gostaria de solicitar sua ajuda acerca de um trabalho que estou realizando.
    Os livros em questão são: A Necessidade da Arte de Ernest Fischer e O que é Arte de Jorge Coli.
    Tema 01: Considerando a citação de Ernest Fischer, abaixo, o livro de Jorge Coli O que é Arte, elabore um texto dissertativo sobre a sua compreensão desta citação e sobre o conceito de arte.
    OBS.: Preciso desse texto dissertativo o mais rápido possível, se vc puder me ajudar, desde já, agradeço…

  • Luana Fernandes Castanheira

    Ops.: a citação em questão é essa: “Só a arte pode fazer todas essas coisas. A arte pode elevar o homem de um estado de fragmentação a um estado de ser íntegro, total. A arte capacita o homem para compreender a realidade e o ajuda não só a suportá-la como a transformá-la, aumentando-lhe a determinação de torná-la mais humana e mais hospitaleira para a humanidade. A arte, ela prória, é uma realidade social”.

  • marvimreis

    não consigo respirar outra coisa que não seja arte. muitas vezes fico até impressionado como eu me comovo com a música em específico. não sei. talvez deveria ter me tornado artísta, mas não sei….
    tive vontade de estudar piano, mas a condição era muito pouca pra realizar esse sonho.fico imensamente feliz quando escuto bach e tchaikovisky e lendo escritores fantásticos também. li a necessidade da arte e obtive algumas respostas…..
    acho que seria bom se recuperássemos a sensibilidade perdida de outrora. penso que as pessoas se recuperariam das atitudes desesperadas das quais as põem hoje em dia em perigo constante de se afastar do que deve nos ser inerente: a consciência, a paz e a razão.

  • prof mario

    arte,esport,yoga podem salvar brasil da violenza?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: