Memórias de um cego

Por ANTONIO MARCOS

Meus olhos pouco acreditam
Na
imagem dura e crua
Que poucos lacrimejam
Em um espaço vazio e escuro
Como num ensaio de cegueira
Aquela
cidade pequena
De
igreja e praça bonita
Vazia e desolada
Não está ilustrada
Um velho antigo
Toma conta de minhas lembranças
Bares e comércios de portas escancaradas e batidas
Onde foi para o bosque,
E a
pequena floresta?
Que fazia o cenário da minha sombria cidade
Pessoas
Por que as vejo saindo do nada?
Como fantasmas
Os
olhos foram poupados,
Menos o olhar confuso e culpante
Acerta-me
como um vulto
Dilacera
minha memória
E traz aos
meus sentidos
Medo e confusão
Será
que não sou eu quem criou esses fantasmas?
E
fantasmas tem rugas e manchas?
não vendem mais o filtro solar
O envelhecimento vem da
alma
Que aderba ausência do sol
O
meu balançar não conta com a ajuda das árvores
A
água tão desejada é bem vista nas lágrimas do arrependimento
De
que tempo eu fiz parte?
Em que tempo eu vim ou quanto o perdi?
Pra sentir na pele o buraco dessa camada, que não mais me completa
Tudo vem na minha mente
Como acusação
Repudiei a
ajuda
Entrei no
mesmo barco
E
em que águas viajar?
Se
não conto com o vento e nem com a paisagem
Abalar o meu sufoco
Gritar a minha dor
Remediada e sem rumo
Me apego a imaginação
Voltar ao tempo e sentir as sensações que a natureza me dava
O
ar não é o mesmo
As
flores me cobrem de vergonha
O
céu me nega as estrelas e expressa sua mágoa e fúria
Num
vermelho intenso, como jorrar sangue, perder-se em vidas
Sinto
nojo de mim mesmo
Sem água para me lavar ou lavar a boca
Com o que tive não me contive
Acelerei
minha facilidade
Anestesiei a
natureza
Com as conseqüências
O
que tenho não me orgulho e não é o suficiente para viver.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: